Preparar para a Hora do Chá, ao estilo Português

Preparar para a Hora do Chá, ao estilo Português

Nota introdutória:

Este artigo foi escrito (adaptado para português) pelo jornalista Israelita Gil Zohar, correspondente no “The Jerusalem Post”, em agosto de 2021.

O documento original foi partilhado nesse mesmo mês, no respeitado jornal de Israel.

Certificação Kosher presente na Hora do Chá

PORTO, Portugal

O rabino Daniel Litvak tem estado especialmente ocupado nos últimos meses.

Quando não tem tratado do seu “rebanho” de 500 congregantes na histórica Sinagoga Kadourie, tem sido solicitado a certificar, como kosher, um número crescente de produtos alimentares locais.

O rabino, nascido na Argentina, concedeu recentemente um certificado “K” a um queijo produzido localmente pela fábrica Queijos Braz na Serra da Estrela – a primeira vez em mais de 500 anos que Portugal se pode orgulhar de um queijo judeu produzido localmente.

Agora, está a certificar uma marca galardoada de Chás e Infusões Premium, conhecida em Portugal como “Infusões com História”.

Em Israel, estão a ser introduzidos os seus produtos, estando prevista a chegada a 14 de junho.

A marca de Miguel Moreira e Valdemar Sousa (fundadores e criadores do projeto), produz Chás, Infusões e Tisanas cujas flores, ervas e plantas são selvagens e autóctones do Vale do Douro (Património Mundial da UNESCO) e da vizinha Rota do Românico.

Para muitos, estas regiões são consideradas o coração histórico localizado no canto noroeste da Península Ibérica, onde Portugal teve a sua génese há cerca de 900 anos, após dois séculos de cruzamentos de cavaleiros contra os Mouros.

Conheça um pouco mais sobre a Infusões com História

Para Miguel Moreira, 40 anos, Professor de Educação Física no concelho de Felgueiras, a paixão pelas caminhadas nas montanhas de granito da região, combina com o seu amor pela Cultura, História e flora de Portugal, juntamente com um sentido de negócios inteligente.

“O bom sabor deve traduzir-se em bons negócios”, explica ele.

De facto, um ano após Miguel Moreira e Valdemar Sousa terem criado as Infusões com História em 2019, as suas misturas exclusivas ganharam quatro prémios na terceira edição do Concurso Internacional Chá do Mundo organizado pela AVPA (Agence pour la Valorisation des Produits Agricoles) em Paris.

Em Portugal, os Chás Premium são comercializados em algumas das Quintas mais exclusivas do país, incluindo a Quinta da Avelada, uma joia da região dos Vinhos Verdes que produz vinhos de mesa e do Porto – claro – há 300 anos.

Outra Quinta de destaque é a Quinta Do Crasto, situada numa encosta de uma beleza deslumbrante sobre o sereno Vale do Douro.

A Infusões com História também tem uma parceria com César Teixeira, o último oleiro da região de Gondar – Amarante que continua a produzir a tradicional louça de barro negro artesanal.

Para Miguel Moreira e Valdemar Sousa, esta é mais uma ligação à rica História da região.

Presença da Infusões com História pelo Mundo

A popularidade das Infusões Com História provou ser uma epifania para os dois conhecedores de Chás, Infusões e Tisanas.

Embora as suas bebidas encorpadas encarnem o sabor de Portugal e os imbuam de uma qualidade quase mística para as pessoas da região do Douro, os produtos da empresa estão a revelar-se populares entre os gourmands em:

França, Itália, Espanha, Suíça, Luxemburgo, México e Brasil simplesmente pelo seu subtil bouquet de aromas e sabor único.

Onde e como são preparadas as Misturas Exclusivas

“É aromaterapia aqui todos os dias”, diz Miguel Moreira do seu armazém de plantas biológica a mais de 1.000 metros de altitude, localizado nas remotas montanhas do Montemuro – tão longe da poluição como se pode ir em Portugal.

Antes de embalar os Chás da Infusões Com História, o seu pessoal coloca-as no congelador a -25ºC e depois no calor a uma temperatura de +25ºC.

O choque térmico resultante mata quaisquer larvas de insetos sem prejudicar o sabor, explica ele. “As Infusões com História são uma nova forma de explorar o paladar”, diz Valdemar Sousa.

“Durante a pandemia, as pessoas passam mais tempo em casa, e querem uma melhor qualidade do chá e do café”.

Winnie van Dijk, a directora de vendas de exportação da empresa, nascida na Holanda, explica:

“Não há outro chá (empresa) que ligue a História e a Geografia como nós”.

E o rabino Daniel Litvak salienta que além de serem utilizados para Chá e cozinha, os produtos da Infusões com História são também adequados para o basamim de Havdalah.





Adicionar comentário